15/05/2018

Desempenho positivo foi cinco vezes maior que o registrado no primeiro trimestre de 2017

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) teve lucro líquido de R$ 2,06 bilhões no primeiro trimestre de 2018. Em comparação com o mesmo trimestre de 2017, o resultado foi cinco vezes maior com crescimento de 453,4%. O avanço é resultado da reversão nas provisões para risco de crédito, o que resultou na redução da despesa dessa natureza em R$ 2,21 bilhões. 

De acordo com o banco, o desempenho positivo com participações societárias no primeiro trimestre de 2018 refletiu o crescimento de R$ 322 milhões do resultado com derivativos embutidos em debêntures. Além disso, houve redução de R$ 301 milhões da despesa com provisão para perdas em investimentos (impairment).  

Houve ainda crescimento de R$ 209 milhões do resultado com alienações de participações societárias, com destaque para a alienação de ações da Petrobras e aumento de R$ 183 milhões na receita com dividendos e juros sobre capital próprio, em especial dividendos pagos pela Vale. 

Já o Patrimônio Líquido do banco totalizou R$ 74,18 bilhões ao final do trimestre. O crescimento de R$ 11,35 bilhões (18,1%) reflete basicamente os efeitos da valorização da carteira de ações, líquida de tributos, de R$ 9,62 bilhões, e do lucro líquido de R$ 2,06 bilhões. 

Fonte: Governo do Brasil, com informações do BNDES
Fonte: Portal Brasil

15/05/2018

Estudantes têm até 25 de maio para realizar os aditamentos do primeiro semestre de 2018

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) prorrogou o prazo para a renovação de contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) neste primeiro semestre de 2018. Os alunos beneficiados pelo programa têm agora até o dia 25 de maio para efetuarem o aditamento. Neste semestre, cerca de 1,1 milhão de contratos devem ser renovados.

“Essa é segunda vez que o FNDE prorroga o prazo de renovação dos contratos neste semestre. É importante que todos os estudantes façam o aditamento o quanto antes”, ressalta o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro. O período inicial de renovação terminaria no dia 30 de abril, mas o FNDE já tinha postergado o prazo anteriormente para esta quinta-feira, dia 10.

A portaria que prorrogou novamente o prazo foi publicada nesta quinta, 10, no Diário Oficial da União (DOU). Os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas faculdades e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas instituições no Sistema Informatizado do Fies (SisFies).

No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o estudante precisa levar a documentação comprobatória ao agente financeiro (Banco do Brasil ou Caixa) para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.
Fonte: FNDE

22/03/2018

Entre as medidas de segurança, adotadas em um ambiente de promoção e cuidado da saúde, a higienização das mãos é uma das iniciativas simples e que garante aos pacientes e profissionais, proteção contra várias doenças. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), infecções relacionadas à assistência à saúde afetam milhões de pacientes e têm um impacto significativo nos doentes e nos sistemas de saúde em todo o mundo.

E com o objetivo de atualizar os profissionais, a direção do HRC, promoveu nesta terça-feira, 20, mais um treinamento, dessa vez, sobre Higienização das Mãos, uma aliada na prevenção de doenças. As palestrantes a médica Lara Azevedo e a enfermeira Karla Magalhães abordaram com o grupo a importância da higienização correta das mãos.

Lara Azevedo ressaltou que é essencial desenvolver práticas preventivas nas unidades hospitalares, no entanto, é imprescindível o comprometimento de cada colaborador, que vai muito além de motivações externas, depende principalmente de como cada um decide e escolhe desenvolver o seu trabalho de forma humanizada e comprometida com os pacientes.

“Parabenizo a iniciativa da direção do HRC por constantemente estar promovendo capacitações e treinamentos para a equipe e hoje abordamos um tema importante quando o assunto é prevenção de doenças. Hoje percebemos que a equipe é comprometida com uma assistência de qualidade e cada um demonstrou interesse em atualizar seus conhecimentos, e assim, atender bem todos que chegam aqui”, disse.

A enfermeira Karla Magalhães avaliou o treinamento como positivo. “Aqui nosso trabalho é prestar uma assistência de qualidade para todos. Rotineiramente a direção da unidade promove treinamento, visando a atualização de nossos conhecimentos, o que acaba refletindo na prestação de uma assistência eficiente. Tudo que fazemos é voltado para o restabelecimento da saúde deles”, concluiu.

 Ascom HC
/Hospital da Chapada/higienização
Fonte: SESAB

22/03/2018

Um caso atípico ocorreu em Baianópolis, na Bacia do Rio Grande, oeste baiano. Uma vaca pariu bezerros gêmeos em uma fazenda da zona rural do município. Especialistas consideram o caso raro. À TV Oeste, o coordenador do curso de medicina veterinária da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Danilo Gusmão, informou que os casos de gêmeos, idênticos ou não, variam entre 03% e 0,9% na espécie bovina. Sendo gêmeos idênticos, os casos ocorrem 1 vez para cada 100 mil a 200 mil nascimentos. Proprietário da fazenda onde os animais nasceram, o produtor Dalvino Rocha disse que os bezerros são resultado do cruzamento de uma vaca de quatro anos com um touro de nove anos. Os dois são da raça nelore, criada especialmente para produção de carne. Ainda segundo o produtor, os bezerros já têm dois meses de nascidos e estão saudáveis. A vaca também não apresentou problemas decorrentes do parto e amamenta sem problemas.
Fonte: Bahia Notícias

13/03/2018

Os Municípios finalmente poderão contar com o valor de R$ 2 bilhões de Apoio Financeiro aos Municípios (AFM) em seus cofres municipais. A Lei 13.633/2018, que libera o recurso aos Entes locais, foi publicada nesta terça-feira, 13 de março, no Diário Oficial da União (DOU). A medida havia sido sancionada pelo presidente da República, Michel Temer, em cerimônia nesta segunda-feira, 12.

Como já informou a Confederação Nacional de Municípios (CNM), o valor deve ser utilizado em favor dos Ministérios da Educação, da Saúde e do Desenvolvimento Social. A publicação especifica quanto deve ser destinado a cada setor: R$ 600 mil para a Educação, R$ 1 milhão para a Saúde e R$ 400 mil para a Assistência Social. Por esta razão espera-se que o total seja pago em três transferências, uma de cada pasta.

A Confederação comemora a publicação da lei e reforça que o valor, ainda sem data divulgada para o crédito, deve significar um alívio para os Municípios que aguardam a liberação do valor desde novembro de 2017.

A CNM esclarece que o recurso não poderá contar para o atingimento dos mínimos constitucionais de Saúde e Educação. Isso porque não tem origem determinada em impostos, como o Fundo De Participação dos Municípios (FPM).

Confira a publicação da Lei aqui

Saiba quanto seu Município receberá aqui
Fonte: CNM

13/03/2018

Municípios da Bahia (UPB). Com o tema “Municípios Inteligentes”, o evento acontece nos dias 16 e 17 de março e este ano vem com um novo formato, a começar pela escolha do local para sediar o encontro: o Senai – Cimatec, em Salvador. A abertura oficial está programada para às 9h, do dia 16, com a presença de ministros, do governador Rui Costa e parlamentares baianos.

O presidente da UPB e prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, classifica o evento como “a oportunidade de repensar as administrações públicas com planejamento e o uso de novas tecnologias”. O gestor argumenta que cinco áreas prioritárias podem ser transformadas com soluções inteligentes: meio ambiente, mobilidade, interação cidadão-governo, bem estar e economia criativa. “Não dá para fazer administração mais com o olhar de 20 anos atrás. A ONU já contabiliza que até 2030, 70% da população vai morar nas cidades, então, ou a gente planeja isso agora ou vai sofrer com o caos no futuro”, reforça.

Na programação, temas polêmicos como o pedido para que o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM/BA) retire os programas federais do cálculo do índice de gasto com pessoal e a negociação das Prefeituras com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e a Secretaria da Fazenda do Estado para o recolhimento do Imposto Sobre Serviço (ISS) ser feito no município de origem do tomador do serviço.

Os participantes vão poder ainda ter acesso ao atendimentos estratégicos dos ministérios e órgãos do estado, com a disponibilidade de informações sobre os programas e ações de governo disponíveis para os municípios.

Estão entre os parceiros e patrocinadores do evento: o Governo do Estado da Bahia, Sebrae, Agersa, Bahiagás, Bradesco, Confederação Nacional de Municípios (CNM), Conishi, Desenbahia, E&L Sistema, Use Telecom, EGBA, Embasa, Grupo Dias, IEL/FIEB, Unicef, Safety Service, Balões.com, Pi Contabilidade e Nutricash.

Municípios Inteligentes

Mais que um conceito, o uso de soluções inteligentes na gestão pública se mostra um catalisador do desenvolvimento econômico e da melhoria da qualidade de vida da população. Sistemas que mudam a forma de consumir a energia, materiais, serviços e financiamento já são realidades em inúmeras cidades do globo e prometem tornar os centros urbanos mais eficientes e melhores de se viver. Com esse olhar que a UPB espera incentivar os prefeitos a buscar inovar na administração dos municípios.

Veja a programação do evento aqui. Comunicamos que esta programação está sujeita a alterações.
Fonte: UPB

Copyright 2012. Todos direitos Reservados. IM Publicações - Publicações Oficiais